Entendendo a psicologia do Email Marketing para vender mais

Compartilhe com seus amigos

A Psicologia do Assinante

Se você está, de alguma forma, vinculado ao marketing, copywriting e vendas, você vai encontrá-lo extremamente útil se você dedicar algum tempo para o estudo da psicologia. Aqui está uma lista de fatos psicológicos básicos que vale a pena considerar ao preparar uma campanha de e-mail:

    • Seu assinante comete uma ação emocionalmente. Se você quiser que eles sigam um link, traga para fora suas emoções. A lógica faz você pensar, mas não agir.

 

    • Assinantes gostam de fatos. Mesmo se um cliente em potencial se apaixonar por seu produto à primeira vista, eles ainda tendem a verificar as características, opiniões e comparar preços com produtos similares de seus concorrentes. Para uma decisão rápida, você tem que dar ao seu assinante as informações mais detalhadas e precisas.

 

    • Todas as pessoas são egocêntricas. Eu costumo receber e-mails “frios” de empresas desconhecidas dizendo: “Somos uma equipe jovem e ativa de profissionais que fazem isso e aquilo …” E daí? O que isso tem a ver comigo? Todos os assinantes reagem da mesma maneira. Fale sobre eles, sobre seus desejos e suas necessidades – essa é a única maneira de conquistar sua atenção.

 

    • As pessoas adoram fazer compras. Você não tem que convencer uma pessoa a comprar um produto, eles vão fazê-lo de qualquer maneira. Sua tarefa é torná-los interessados ​​e mostrar-lhes o valor.

 

  • Os membros da World Wide Web estão em um estado de busca constante. Seja informação, produtos ou serviços – estamos sempre procurando algo. Se você pode atender a necessidade de seu assinante para um produto/serviço específico ou fornecer as informações que eles desejam – eles vão agir. Prepare um bom botão de ação para eles.

Evidencialmente, as emoções desempenham um papel importante na decisão de compra, mas, os fatos ajudam a causar interesse e convencer.

Resultado de imagem para assinatura de email

Tipos de Influência

A fórmula AIDA está agora profundamente encriptada nas práticas de marketing: Atenção – Interesse – Desejo – Ação. Este modelo é tão relevante para enviar por e-mail.

Cada componente do algoritmo de influência tem seu lugar no boletim informativo:

    • Atenção – Atrair a atenção dos assinantes, intrigando-os. – Assunto do email

 

    • Interesse – O crescente interesse, com foco no valor da oferta para o assinante – Preheader +, o primeiro parágrafo da mensagem (as condições da promoção, descontos, bónus, por isso agora)

 

    • Desejo – Jogando sobre emoções e sentimentos. O objetivo principal é causar um desejo de obter o produto / serviço. – Imagens vívidas da mercadoria, fatos em favor do produto / serviço

 

  • Ação – Botão de ação. O link de ação também desperta desejo se feito de maneira correta. Faça testes frequentemente para chegar a uma boa conclusão.

Resultado de imagem para assinatura de email

O algoritmo AIDA baseia-se no fator emocional de tomar uma decisão e é perfeito para produtos de uso diário, ou produtos de baixo valor e de consumo rápido como pequenos treinamentos, acesso a um evento etc. – qualquer mercadoria que um cliente possa decidir comprar espontaneamente.

Para os produtos a mais longo prazo, é melhor usar o modelo ACCA.

Para alguns, o ACCA ( Atenção – Compreensão – Convicção – Ação ) pode ser simplesmente uma modificação do modelo usual. No entanto, sua essência é significativamente diferente de qualquer impacto emocional e, portanto, merece um algoritmo e atenção.

ACCA é baseado em razão e lógica em fazer compras.

 

Mais artigos sobre marketing:

Seu Email marketing 10X mais forte apenas contando histórias

Como executar uma bem sucedida campanha de marketing por Email

Conheça as principais vantagens do marketing por e-mail em massa

 

Considere as seguintes etapas do algoritmo:

    • Atenção – Atrair atenção – Assunto do email

 

    • Compreensão – Não basta mostrar o valor do produto, mas alcançar significado. Encontre uma visão que ajudará a superar barreiras e estereótipos que um cliente pode ter ao consumir seu produto/serviço.  Use Argumentos, a descrição do problema e sua solução, fatos que favorecem o produto.

 

    • Convicção – Inspire a confiança de que este produto irá ajudar o seu cliente a atingir seus objetivos. Desejos emocionais (como a AIDA) são de curto prazo. Mas a confiança vai manter por muito mais tempo – Avaliações, reputação, avaliação de especialitas, realizações da empresa, treinamento.

 

  • Ação – Botão de compra ou simplesmente o link.

No entanto, para convencer o seu assinante a seguir um link para comprar um produto diário utilizável também é possível usando argumentos e lógica. Tudo depende de seus objetivos, as especificidades do público-alvo e os recursos do seu produto.

Resultado de imagem para Distribuições de Email

Diariamente recebo dezenas de emails, entre informativos e com alguma ação de compra. Eu particularmente compro muito produtos e serviços online. No entanto, vejo que a grande maioria dos vendedores não usam a abordagem correta para me oferecer um determinado produto.

Fica a dica pra quem me envia e envia também emails a milhares de pessoas.

Imperioanet

A Imperionanet é o Lugar onde partilho experiencia, aprendizado e resultados das minhas pesquisas. Aqui tem um tudo e mais um pouco sobre tudo.

Deixar uma resposta