Ensino Presencial ou EAD qual é o melhor?

Rate this post



Um dos principais empecilhos para quem termina o ensino médio e quer ir pra faculdade é a falta de tempo, pois muitos vão morar sozinho, ou trabalhar em horário integral, ou precisa cuidar dos filhos (se for o caso), e por isso acaba deixando a faculdade para depois.

Mas para quem não tá tendo tempo, ou quer um horário mais flexível, ou ainda tá preocupado com o transporte até a universidade já não precisa mais parar de estudar, com o grande avanço das tecnologias e Internet mais rápida as faculdades de ensino a distância está cada vez mais ganhando espaço no mercado de cursos extensivo, graduações e pós graduação.
É importante entender que as duas modalidades de ensino
não competem entre si, são importantes em suas
totalidades e agregam valores de acordo com o interesse,
Mas as necessidades de quem estuda a distância
são diferentes e portanto não tem como haver disputa.
A grande diferença é o estudo como um todo. Enquanto nos cursos presenciais é
possível contar com o professor para tirar dúvidas e lhe cobrar no desempenho, nos cursos pela
Internet o aluno precisa ser muito disciplinado e persistente, até porque ele fica mais a vontade para deixar de assistir a uma aula, ou se empenhar o máximo, por isso os Ensino A Distância (EAD) Precisa ser bem dinâmica e interativo para não deixar as aulas muitos chatos e solitários.
Além de ter um horário flexível  e ser mais dinâmico as EAD permitem economias no orçamento que podem ajudar o estudante. Há outros custos que o aluno deixa
de ter ao participar de cursos a distância, tais como: despesas com deslocamento, estadia,
alimentação, material, entre outros.

Em relação à abrangência, os cursos online têm maior
amplitude, podendo chegar a diversos locais onde os cursos presenciais não seriam viáveis, devido
a necessidade de estrutura física e professores qualificados.
Mas vale lembrar que os estudos 100% online são somente para cursos extensivas, porque para graduação, ou superiores o Ministério da educação (MEC) exige que o aluno frequente o polo presencial pelo menos uma vez por semana, para avaliação e maior interação entre professores e alunos. O contato entre ambos é um fator importante para a aprendizagem, pois o
aluno tem maior interação com professores, simpósios, palestras e outras atividades culturais que
acontecem no campus.
Veja também

5 idéias que pode mudar a educação nas escolas públicas brasileiras

Cursos superiores tecnológicos, cada vez mais necessário

No ensino Presencial as dificuldades existem e são muitos,tais como.
Horário fixo, o aluno é obrigado a estar na faculdade no horário, independente do que aconteça.
Os gastos são bem maiores, entra nos gastos, além da mensalidade mais alta, gastos com apostilas, alimentação, transporte e por aí vai.
Por o professor estar disponível apenas por pouco tempo por dia e ainda pra sala inteira torna o ensino menos produtivo.
No ensino Presencial o professor ensina, já no EAD o professor apenas ajuda o aluno a fortalecer o conhecimento, isso é um ponto importante na formação profissional e intelectual do aluno pois, o professor não pode plantar uma idéia ou uma teoria ou ainda uma visão na cabeça do aluno e sim ajudar ele a formar uma opinião própria.




Apesar das faculdades a distância crescer chegar a todo o país, ainda tem muita gente que acha que os EADs não tem um ensino de qualidade e que o diploma não vale igual a do Presencial.
Mas quanto a isso podemos ficar tranquilo pois, todos os cursos superiores tem que ter uma aprovação do MEC e portanto, são todos válidos. E não só os superiores, mais todo e qualquer curso extensivo precisam de autorização de um órgão da educação para funcionar.
Mas lembrando que cursos a distância não tem como ser um curso em que é exigido muitas aulas práticas, um exemplo é da medicina, cursos de pesquisas etc.
Os cursos a distância são apenas para os cursos mais teóricos como administração, etc.
Bem, não falamos muito sobre o Ensino Presencial, mas ele é o principal é o mais recomendado, e além disso desde o primário até o ensino médio, tudo é em sala de aula, e por isso já sabemos o valor agregado de estudar convivendo com idéias, crenças e valores diferentes do nosso,o EAD esta aí como uma boa alternativa pra quem quer mais flexibilidade e um custo mais baixo.

Mas como já vimos lá atrás tanto o ensino Presencial como a distância vieram pra somar, ambos são excelentes e juntos podem ajudar a reduzir as deficiências da educação no Brasil depois do ensino médio, pois atualmente mais da metade dos alunos que terminam o ensino médio param de estudar.




Sobre o autor

Joacir
Empreendedor por paixão. Curioso por natureza. Dedicação, vontade de aprender e inovar me trouxeram até aqui.

Faça o primeiro comentário a "Ensino Presencial ou EAD qual é o melhor?"

Deixar uma resposta