O perigo no marketing multinivel – parte 2 PIRÂMIDES

O Marketing Multinivel(MMN) esta se consolidando como um dos maiores estilos de venda da atualidade
    Presente em praticamente no mundo inteiro o MMN é famoso por remunerar distribuidores independentes que vendem produtos, serviços e recrutam novos distribuidores.  Ao longo de décadas  o MMN ja deixou muitas pessoas milionarias.
Esse tipo de venda acontece geralmente pela internet, e a internet é o paraiso de golpistas que pra se dar bem criaram um sistema parecido com o mmn, só que ë um sistema que só quem o criou é que ganha, ele é chamado de PIRÂMIDE.
Os golpes financeiros do tipo pirâmide são antigos mas eles continuan surgindo sempre mais sofisticados e parecidos com o legitimo mmn, algumas empresas do tipo pirâmide tem até CNPJ e recolhem impostos tudo para diblar a justiça. Essas empresas tem durabilidade curta, em torno de 1 ano e quando desaba fecha as portas e some com o dinheiro das pessoas.
Segundo especialistas existem  caracteristicas comuns que pode facilmente indentificar indicios de pirâmides .
Golpistas geralmente promete um negócio altamente lucrativo sem dar informações precisas e sem informar os riscos.
Empresas pirâmides tem a maioria de sua receita  proveniente de adesões de pessoas e não de produtos como deve ser o verdadeiro marketing multinivel.

Nos EUA pais onde nasceu o mmn existe uma regra, se 70% da receita de uma empresa vier de produtos e serviços  ela é legitima se 70% da receita vier de novos cadastros ela é pirâmide.
Num esquema pirâmidal a base sustenta o topo ou seja quanto mais a rede cresce mais gente perde dinheiro.
Atualmente ao menos 18 empresas são investigadas no Brasil por suspeita de formação de pirâmide financeira segundo levamento da Associação Nacional do Ministério Publico do Consumidor (MPCON).

Os casos de maior repercução são o da Telexfree e da Bbom, ambas negam, mas recentemente a Telexfree  foi alvo de ações judiciais também nos EUA.
Entre os orgão que fiscalizam e investigam as pirâmides estão a Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, o Departamento de Proteção e Defesa ao Consumidor(DPDC), a Comissão de Valores Mobiliarios(CVM), a Receita Federal e a Secraria Nacional do Consumidor do Ministério da Fazenda.
O DPDC e o CVM elaboraram um documento com orientações para investidores que pretender ingressar nesse ramo. A Asociação Brasileira de Vendas Diretas conta atualmente com uma lista de associados legais, e se sua empresa não faz parte dessa lista você precisa saber porque.
  As autoridades estão fazendo a parte delas para que você não caia em golpes mas, como todo dia tem uma empresa  nova no mercado fica cada dia mais dificil fiscalizar tudo então você também precisa ficar atento pesquisando sobre as empresas procurando informações certas e Se encontrar irregularidades procure  um orgão fiscalizador indicado acima e  quando for divulgar não use de mentiras para recrutar pessoas  pois um bom lider nunca prejudica seus parceiros, Pelo contrario ajuda os a superar obstaculos.

obrigado por visitar a Imperionanet
volte sempre aqui

Não Encontrou o que procura?
Custom Search

Sobre o autor

Joacir
Empreendedor por paixão. Curioso por natureza. Dedicação, vontade de aprender e inovar me trouxeram até aqui.

Faça o primeiro comentário a "O perigo no marketing multinivel – parte 2 PIRÂMIDES"

Deixar uma resposta

Comece 2017 vendendo muito

Somos contra spam