Como usar as Mídias sociais para vender

Compartilhe com seus amigos

As pessoas estão ficando mais confortáveis ​​com as mídias sociais e o comportamento social. E podemos dizer com toda experiência e acompanhamento que as mídias sociais são um pote de ouro se você quer expandir suas vendas para alem de sua vizinhança e da sua cidade.

A razão pela qual vejo os esforços de marketing de redes sociais de muitas pessoas falhar é que eles ainda estão simplesmente transmitindo mensagens de vendas. Esta abordagem ainda funciona em algum grau em uma configuração de publicidade porque as pessoas muitas vezes tropeçam com seus anúncios com uma intenção de compra. Ainda funciona de certa forma nos esforços de marketing de e-mail porque as pessoas pediram para obter suas mensagens e você pode facilmente ganhar o direito de vender nesse relacionamento.

No entanto, a maioria das pessoas não participa nas redes sociais para fazer compras, de modo que qualquer mensagem de vendas pode sentir-se rude e no mundo de tweets e posts tamanho e febril, as mensagens são muito fáceis de ignorar, Na maioria das vezes elas deixam de seguir, Bloqueia e há situação em que marcam seus post como spam.

Se você quiser vender usando mídias sociais, aqui está um caminho:

Teste sua mensagem

Usando 200 caracteres ou menos, basicamente, escreva um anúncio que faz as pessoas quererem retweetar ou compartilhar. Você pode perder uma, duas ou até mais de 24 horas escrevendo essas linhas, Mais que pode trazer um retorno espetacular de graça.

Esta abordagem um pouco científica é um dos aspectos mais ignorados do marketing nas mídias sociais e é a principal razão pela qual as pessoas que afirmam que não pode vender lá dizem assim.

 

Alveje sua mensagem

Aqui está outra técnica comprovada que parece perdida em muitos comerciantes. Só porque existem 1 bilhão e meio de pessoas no Facebook não significa que você precisa apelar para todas elas.

A maneira mais rápida de obter o certo tipo de atenção é anunciar “ei, você 1000 pessoas que precisam melhorar em X” Estou falando com você.

 

Prove seu valor

É quase impossível conseguir alguém pronto para comprar, simplesmente criando um tweet com água na boca. Não há informações suficientes para desenvolver a confiança.

Você deve fazer sua relação inicial construindo tudo sobre conteúdo valioso. Dê algo para eles verem que você conhece seus desejos e necessidades Ofereça alguns conteúdos de alto valor grátis e deixe as saber que você tem experiência e autoridade no assunto. Elas vão pensar, “poxa se o material gratuito dele é muito Bom. Agora imagina o Pago?”

 

Se empenhe

Agora, aqui está um passo que só pode ser exclusivo das mídias sociais e do marketing on-line em geral e é muito poderoso.

No processo de entrega de toda essa ótima informação, peça aos seus clientes potenciais que lhe digam coisas, compartilhem coisas, classifiquem as coisas e ajudem você a tornar o mundo um lugar melhor para todos os que a habitam.

Sério, crie formulários de feedback e faça parte do acordo para o porquê você está dando coisas tão boas. Socialize seu conteúdo e facilite o e-mail, o tweet e o gosto. Envie uma série de e-mails durante a fase de compartilhamento de conteúdo, o que reforça os importantes atrativos do conteúdo e oferece mais envolvimento, como suporte por e-mail ou sessões em tempo real de Q e A.

Crie o conteúdo certo no volume certo.

Uma estratégia social eficaz exige conteúdo – o mais original e atraente, melhor. (Sugestão: sempre inclua um conteúdo visual). Dependendo de quem é seu cliente, você terá que encontrar um equilíbrio com a freqüência e, em que formatos publicar.

Evite a todo custo ultilizar material de terceiros. O objetivo é se envolver com seus clientes; abra uma conta pessoal, converse e familiarize-se com as normas e expectativas da comunidade.

Lembre-se, é claro, que muito pouco ou mais pode ser igualmente prejudicial para o objetivo.

 

 Construa sua Rede

Você tem que assumir o trabalho duro de realmente construir sua rede. O melhor conselho que eu posso oferecer aqui para criar metas diárias, semanais e mensais para que você está comprometido com um ritmo de envolvimento desde o início. Pesquisar sites relevantes para encontrar pessoas que estão falando sobre sua indústria ou usando palavras-chave relacionadas. Então, comece a interagir com eles, respondendo a perguntas que representam ou compartilhar algo que você acha que é intrigante. Ao contribuir para conversas de seus clientes potenciais, você constrói o valor agregado à sua rede.

 

Compreender sua base de clientes

Embora isso possa parecer um desenfreado, isso é indiscutivelmente a primeira coisa que precisa ser considerada. Então você tem algo para vender, isso é bom.

A próxima coisa que você descobre é quem é sua base de clientes . Você está cuidando de empresários ou adolescentes? Mães que trabalham ou aposentados? Jovens adultos ou novos pais?

Uma vez que você conhece o público-alvo sobre o qual seu produto está focado, você pode ter uma idéia melhor da plataforma a ser usada.

Afinal, você não pode ter um produto para empresários e pensar que usar o Facebook é bom o suficiente. Isso é o que o LinkedIn é para. As perguntas que podem ser feitas sobre o público alvo são;

  • Quem são eles? (gênero, fundo, idade e assim por diante)
  • Onde é que eles vivem?
  • O que eles fazem?
  • Quais são os seus interesses?

 

 Criar conteúdo apropriado

Agora que você entende sua base de clientes, é hora de informá-los sobre o que você está fazendo.

É aí que a criação de conteúdo entra. É sempre uma vantagem quando você começa a ter originalidade em seu conteúdo, pois existem vários “copiar e colar” escritos que enfeitam as páginas de outras empresas.

A idéia é tornar – se única e notável em um mar de fotocópias. O conteúdo certo e o volume certo são necessários, e isso é feito com base no público-alvo que você está procurando.

Lembre-se também de que as postagens com imagens têm uma maior taxa de interação, para encontrar as imagens que se tornam corpentes cerimônias sobre os ternos do seu conteúdo.

 

Ter uma estratégia de marketing digital

Não há duas maneiras sobre isso, mas em um ponto ou outro você precisará anunciar o que você oferece para aqueles que você está oferecendo.

Claro, o conteúdo que você criou é uma avenida para eles entender quais as soluções que você traz para seus problemas, mas isso não significa que o poder do marketing deve ser desconsiderado.
Uma vez que a base de clientes está online, faz sentido que o marketing também seja uma coisa online?

Com isso em mente, é imperativo notar que você precisa de uma estratégia de marketing digital . É tão imperativo e importante na sua abordagem de marketing. “Se você apenas começar a empurrar seus produtos sem um plano em mente ou sem qualquer foco, corre o risco de perder muitos clientes em potencial.

Uma estratégia de marketing digital atuará como um plano para entender o foco, aproveitar o aumento do ROI e tirar o melhor proveito da publicidade sem gastar o orçamento.

Faça Engajamentos

O plano de qualquer negócio é, em última instância, ficar acima da água, o que significa fazer lucros suficientes para continuar avançando. Embora isso possa soar de natureza capitalista, é exatamente como são as coisas.

Então, novamente, só porque é assim, não significa que os clientes que ajudem a tornar os lucros possíveis devem ser ignorados e vistos como nada mais do que números ou estatísticas.

Os clientes também são seres humanos, e seria bom ter uma conta especializada que lida com o envolvimento com esses clientes. Suas queixas, idéias ou até saudações simples mostram que, de uma forma ou de outra, eles se preocupam com o produto que está sendo vendido.

 

Dê aos clientes um “Call-to-Action”

Você encontrou seu público-alvo; Seu conteúdo é constante, envolvente, fresco e convidativo. Você tem uma estratégia bem colocada que está fazendo o melhor uso dos recursos à sua disposição.

Você está envolvido com aqueles que estão interessados ​​no que você tem para oferecer. Tudo isso não acontece se a razão pela qual você embarcou na jornada não é alcançada .

Agora é a hora de converter todo esse engajamento em negócios reais, porque todo o motivo que você começou foi tornar seus produtos comercializáveis ​​nas mídias sociais.

Isso implica pressionar sua vantagem e implorar os interessados ​​em comprar os produtos que você oferece.
É tudo sobre os passos certos. A venda em redes sociais começa com deixar o público-alvo saber que você está lá e você tem uma solução para suas necessidades.

Mas não é apenas o suficiente para realmente ter a solução, você tem que mostrar-lhes que você tem. E envolva-se com eles para descobrir maneiras de melhorar o que você oferece para que o objetivo final seja mais lucrativo.

Não cometa o erro de assumir que eles liguem os pontos – mostre-lhes como obter o valor que você conhece, que você tem para oferecer e ser extremamente claro sobre isso. Um dos benefícios desta abordagem é que, se você fizer isso direito e eles ainda não comprarem, você ganhará o direito de perguntar por que, e, eles terão prazer em ajudá-lo a entender como pode ajuda-los.

Não há nada de mágico sobre essa abordagem realmente. Os comerciantes usaram e ainda usam de alguma forma esses elementos há anos, mas é o pacote total, incluindo paciência e trabalho árduo, que o torna remunerado no mundo das mídias sociais.

Imperioanet

A Imperionanet é o Lugar onde partilho experiencia, aprendizado e resultados das minhas pesquisas. Aqui tem um tudo e mais um pouco sobre tudo.

Deixar uma resposta